CONSóRCIO CONCLUI RETIRADA DE TAPUMES DA AVENIDA DO CPA
29.05.2014

Foto: Darwin Júnior - Olhar Copa

Tapumes cercando o caminho do VLT já foram retirados da avenida do CPA

Tapumes cercando o caminho do VLT já foram retirados da avenida do CPA

Dando sequência ao seu planejamento de ‘liberar as vias para melhorar a fluidez do trânsito durante a Copa do Mundo‘, o consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande concluiu, nesta terça-feira (27), a retirada dos tapumes do canteiro central destinado para a via permanente (trilhos). Assim, todo o trecho em obras do VLT entra em ‘pausa‘ e os trabalhos só serão retomados após os jogos da Copa do Mundo em Cuiabá.

Ao contrário do que ocorreu no início do ano, quando o consórcio chegou a ser multado por não retirar imediatamente os tapumes da obra paralisada entre a sede do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e o viaduto da Miguel Sutil, desta vez os trabalhos foram rápidos. A equipe do consórcio iniciou a retirada dos tapumes na sexta-feira e já ontem, estavam todos desmontados. Com obras do VLT em boa parte de sua extensão, a avenida do CPA não deve ter tapumes, mas verá atravessar o período da Copa do Mundo com muitos blocos de concreto, cones e sinalização.

A liberação das avenidas é uma determinação do Governo do Estado que pretende melhorar o trânsito e reduzir os transtornos durante a Copa. As intervenções promovidas pelo Consórcio VLT visam garantir agilidade no deslocamento de moradores e turistas que virão à Capital para assistir aos jogos. Sem obras em andamento, os turistas também estarão livre do excesso de poeira provocado pelas construções.

Embora a avenida do CPA tenha ganho essa ‘folga‘ para o Mundial, ainda não houve paralisação total das obras do VLT na capital. Para acelerar os trabalhos antes da pausa para a Copa do Mundo, as frentes de obras estão tendo atividades nos turnos diurno e noturno, conforme o cronograma de cada frente de serviço. Entre as atividades realizadas no período noturno estão terraplenagem e pavimentação, iniciada na avenida João Ponce de Arruda e se estendendo à avenida da FEB.

No início do mês de junho, as obras do VLT em Várzea Grande deverão ser paralisadas para que as vias sejam liberadas para os turistas, de uma forma que contraria o Governo do Estado, já que o governador Silval Barbosa havia pactuado com o consórcio que pelo menos o trecho compreendido entre o Aeroporto e o Porto estaria com o novo modal funcionando. Não é o que vai acontecer.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade