POLICIAIS DE MT TêM FéRIAS E LICENçAS SUSPENSAS PARA ATUAR DURANTE A COPA
29.05.2014

Além de contar com efetivo de outros estados e da Força Nacional, a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa) vai destinar R$ 8 milhões à Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) para reforçar a segurança durante a Copa do Mundo, em Cuiabá, no mês que vem. A verba será gasta para fortalecer as ações das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros, como diz o termo de cooperação firmado entre as duas instituições, divulgado no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (29).

Na prática, o dinheiro deve ser gasto com melhorias na estrutura e reforço do efetivo. De acordo com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), para aumentar o efetivo foram suspensas as férias e licenças de todos os policiais. Além disso, agentes da polícia que desempenham funções em áreas administrativas dos quartéis deverão ir para as ruas, aumentando o efetivo. O número, no entanto, não deverá ser divulgado, segundo a Sesp.

Detalhes do planejamento de segurança para a Copa, no entanto, devem ser apresentados pelo secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, no final da próxima semana, de acordo com a assessoria.

Antes do mundial, os policiais passaram por um treinamento com a duração de quase um ano. Durante essa capacitação para prepará-los para atuar na segurança de grandes eventos, simulações em locais públicos foram realizados. No ano passado, por exemplo, uma simulação de bomba mobilizou até helicóptero. No treinamento, atores fingiram ser assaltantes em uma tentativa de arrombamento a um caixa eletrônico.

Simulação da PM em shopping de Cuiabá (Foto: Bruna Dock/Assessoria do Shopping Pantanal)Simulação da PM em shopping de Cuiabá
(Foto: Bruna Dock/Assessoria do Shopping Pantanal)

Para simulações desse tipo, um capitão do Batalhão de Operações Especiais (Bope) passou por um treinamento na Colômbia com a duração um ano. Após retornar ao Brasil, ele ministrou o curso sobre como lidar em situações quando há risco de explosivo. Várias instituições participaram desse treinamento, entre elas a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Exército Brasileiro, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (SMTU) e Guarda Municipal.

Fora o aumento do efetivo no período dos jogos, entre o dia 13 e 24 do mês que vem, houve investimento em tecnologia. No prédio da Secretaria de Segurança Pública, no Centro Político Administratovo, foi montado o Centro Integrado de Comando e Controle Regional e instaladas aproximadamente 200 novas câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos de Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital.

Os equipamentos são modernos, com sistema HD, imagens em alta definição, que proporcionam ao operador condições de detalhamento das situações visualizadas.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade