POLíCIA CIVIL PRENDE QUADRILHA COM 150 QUILOS DE COCAíNA
04.06.2014

Ação da Polícia Civil desarticula quadrilha que trazia droga do Paraguai para distribuir no Nortão

 

Policiais civis apreenderam cerca de 150 quilos de maconha, distribuídos em 172 tabletes, camuflados em fardos, no banco traseiro de um Pálio Weekend, de cor prata, que saiu da fronteira do Estado de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

Segundo as informações, a quadrilha trazia o carregamento de maconha para ser distribuído na região de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá).

A apreensão da droga ocorreu na madrugada desta quarta-feira (4), na BR-163.

Foram presas em flagrante cinco pessoas que estavam no automóvel: André Lara Lidorico, de 23 anos, Keus Estives Ferreira da Gama, 22, Frans Everton Arguelho da Costa, 23, e Marcos Nogueira, 27.

Os policiais prenderam também Washington Carlos Silveira, 18 anos, que dirigia um Gol que atuava como "batedor".

O delegado Sérgio Ribeiro, responsável pela prisão da quadrilha, informou que havia informação de que o carregamento estaria a caminho de Sinop e, então, montou quatro equipes com veículos descaracterizados para interceptar a droga.

O delegado acrescentou que uma equipe ficou aguardado em Sorriso (a 80 km de Sinop),, outras duas no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e a quarta em Lucas do Rio Verdes (a 150 km), todas em trechos da BR 163.

No trajeto, em Lucas do Rio Verde, o Pálio furou o pneu e ficou parado na estrada. O Gol que vinha na frente já havia passado pelo Posto da PRF, quando recebeu a informação do pneu furado e, então, retornou para dar socorro ao Pálio.

"Nisso, como já tinha passado pelo posto policial e viu que estava tudo tranquilo, deu o sinal para o motorista do Pálio seguir viagem, vindo logo atrás", explicou o delegado.

Os policiais fizeram a abordagem do Pálio, na saída do município de Sorriso, no sentido Sinop e constatou que estava carregado de entorpecentes.

"Em seguida, abordamos o Gol, pouco depois do Posto da PRF, com os quatros suspeitos", destacou.

Conforme as investigações, a droga seria comercializada em Sinop e região, depois de dividida entre os suspeitos.

"No mercado, esse carregamento está avaliado em R$ 170 mil", informou Ribeiro. Os cinco suspeitos foram autuados por tráfico de entorpecentes.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade