ASSALTANTES FAZEM ARRASTõES EM ôNIBUS QUE CIRCULAM EM CUIABá
04.06.2014
ONIBUS-ASSALTO

 

Passageiros do transporte coletivo de Cuiabá têm se tornado vítimas da ação de assaltantes armados dentro dos ônibus em circulação, os chamados "arrastões". Imagens de circuito interno dos veículos coletadas pelas empresas de transporte revelam que os suspeitos atuam em qualquer hora do dia e sempre de forma muito rápida.

As polícias Militar e Civil já têm conhecimento dos casos. As imagens colhidas pela Associação Matogrossense dos Transportadores Urbanos (MTU) mostram arrastões ocorridos nos dias 15, 21, 25 e 28 de maio em diferentes horários em ônibus das linhas que atendem a região dos bairros CPA e Morada da Serra, na capital.

As abordagens têm em comum a curta duração (menos de um minuto) e o funcionamento, geralmente com dois assaltantes – um entrando pela porta do motorista do ônibus e outro pela porta de passageiros mais ao fundo do veículo. Armados, eles rendem o motorista e, simultaneamente, recolhem dinheiro e objetos de valor dos passageiros.

Além das ocorrências a bordo dos ônibus, os passageiros têm reclamado da insegurança nos terminais. Na semana passada, por exemplo, policiais detiveram adolescentes no terminal do CPA 1 com armas e até um aparelho de choque de uso exclusivo da Polícia.

De acordo com o gerente de segurança da MTU, Raimundo Silva, a entidade aguarda uma ação mais contundente das forças de segurança pública porque seus agentes não têm poder de abordar e revistar quem circula pelos terminais e quem embarca nos ônibus. “Cabe à polícia fazer seu papel”, asseverou.

Em resposta, a Polícia Civil afirmou que está investigando as ações dentro dos ônibus da capital. Já a Polícia Miltiar informou que já realiza rondas ostensivas para prevenir a criminalidade no sistema de transporte coletivo e que seu serviço de inteligência já conseguiu identificar parte dos suspeitos flagrados pelas câmeras de segurança.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade