SUSPEITO DE COMPRAR CADEIRA NO TCE, SéRGIO RICARDO PEDE LICENçA DE 15 DIAS
11.06.2014

Exatamente um mês depois da operação Ararath da Policia Federal, que esteve em sua residência para recolhimento de mídias eletrônicas e documentos, o conselheiro Sérgio Ricardo pediu afastamento do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE) por 15 dias.

O pedido foi protocolado no cartório interno do tribunal. Sérgio é relator geral das contas do governador Silval Barbosa, mas pediu substituição. O presidente do TCE, conselheiro Waldir Teis, fará sorteio na próxima semana para escolher o novo relator. É que Sérgio Ricardo pode prorrogar a sua licença.

Sério Ricardo de Almeida é suspeito de ter comprado a sua cadeira no TCE por R$ 4 milhões, conforme apurações da Polícia Federal.

Segundo já publicou o O Documento, a s federais chegaram às suspeitas pois o delator Júnior Mendonça fez citações da compra da vaga, envolvendo ainda o ex-conselheiro aposentado Alencar Soares, ex-deputado da região de Barra do Garças. Nesta próxima semana, ONGs de variadas frentes vão, conforme anunciaram, protocolar no TCE documentação que sustenta pedido impedimento de Sérgio Ricardo

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade