CUIABá SUPERA META DE VACINAçãO CAMPANHA NACIONAL CONTRA A INFLUENZA
26.06.2014

Aproximadamente 97 mil pessoas que fazem parte do grupo prioritário foram vacinadas em Cuiabá durante a campanha nacional contra a influenza, entre os dias 23 de abril a 13 de junho deste ano.

Com isso, Cuiabá conseguiu superar a meta de vacinação, chegando a 81,66%. De acordo com o Ministério da Saúde, a meta dos municípios brasileiros era vacinar 80% do total da população do grupo prioritário de cada região.

O grupo que mais teve pessoas vacinadas foi o trabalhadores da saúde (107,78% acima da estimativa), de mulheres puérperas (até 40 dias após o parto) com 103,98%, em seguida idosos (85%), crianças menores de 5 anos (71,16%) e gestantes (64,71%). Em todo o país, a meta alcançada foi de 83,54% do total da população do grupo prioritário.

 

O secretário municipal de Saúde, Werley Peres, informou que Cuiabá recebeu cerca de 119 mil doses da vacina e que, além de atender ao grupo prioritário, também foram vacinadas pessoas que estão trabalhando na Copa 2014 como voluntários, Policiais Militares, Bombeiros e outros trabalhadores.

_ "Foram feitas vacinações chamadas de extra-muros, que são esses casos, em especial de trabalhadores da Copa. Além disso, com o boato espalhado por meio das redes sociais de que havia um surto de H1N1 no município, muitas pessoas que não estavam no grupo a ser atendido acabaram forçando a vacinação nas nossas unidades. Nossos técnicos foram coagidos a vacinar as pessoas", explicou.

Segundo Peres, com isso o número de doses que sobraram e que poderiam ser utilizadas para a vacinação da população em geral foi pequeno e logo acabou.

_"Nós liberamos a vacinação na segunda-feira (16) de forma geral, mas tínhamos poucas doses nas unidades básicas de saúde e, como a procura foi grande, o nosso estoque findou rapidamente. Hoje não temos mais vacinas nas unidades. O que temos é apenas para a segunda dose das crianças menores de cinco anos", enfatizou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade