APóS PROMESSA DE RECEBER DINHEIRO VIVO, JOGADORES DE GANA VãO ENTRAR EM CAMPO CONTRA PORTUGAL
26.06.2014

Os jogadores da seleção de Gana anunciaram, por meio do treinador James Appiah e do atacante Christina Atsu, que disputarão a partida desta quinta-feira contra Portugal, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. As duas equipes precisam da vitória para seguirem com chances no Grupo G, o mesmo de Alemanha e Estados Unidos.

O elenco ganês chegou a ameaçar não jogar porque discorda da decisão da federação de futebol local de pagar os jogadores por meio de depósito em conta. Eles exigem pagamento em dinheiro, sob a alegação de que é uma tradição em Gana. Para pressionar a federação, o grupo não treinou na última terça.

A crise deflagrada na seleção de Gana teve até mesmo a intervenção do presidente John Mahama, de acordo com o que Atsu disse na entrevista coletiva desta quinta, no estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, local do duelo contra Portugal.

Atacante de 22 anos do Chelsea (Inglaterra), Atsu falou que graças ao presidente o problema está solucionado e que ainda nesta quarta os jogadores receberão o dinheiro. Perguntado onde guardaria as notas, riu e respondeu: "Acho que vou botar na mala e trancar". Nem ele nem o treinador aceitaram dizer quanto cada um receberá pela participação no Mundial. "Se eu falo os jogadores me matam", disse Appiah.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade