DE VOLTA AO MéXICO, SELEçãO GANHA FESTA COM MILHARES DE TORCEDORES
01.07.2014

Após a dramática eliminação diante da Holanda, o México já está em casa. O grupo comandado pelo técnico Miguel Herrera desembarcou na Cidade do México por volta das 23h40 (de Brasília) da segunda-feira, depois de fazer uma parada em Bogotá, na Colômbia. O presidente da Federação Mexicana de Futebol, Justino Compeán, permaneceu no Brasil, para cumprir agenda com patrocinadores e eventos relacionados à Copa do Mundo. 

Milhares de torcedores faziam festa à espera da delegação, e tomaram completamente o saguão do aeroporto da capital mexicana. O dirigente Héctor González afirmou que o intuito dos jogadores era agradecer pessoalmente à multidão que aguardava o desembarque da seleção. No entanto, a administração do aeroporto decidiu que um contato corpo a corpo poderia causar um tumulto ainda maior e avaliou que o local não estava preparado para um volume tão grande de pessoas. 

Aeroporto da Cidade do México ficou completamente tomado por torcedores que aguardavam retorno da El Tri (Foto: Reprodução / Twitter )Aeroporto da Cidade do México ficou completamente tomado por torcedores (Foto: Reprodução / Twitter )

 

 

Na chegada ao México, González, o técnico Miguel Herrera e o diretor esportivo Ricardo Peláez concederam uma entrevista coletiva para falar sobre a campanha da El Tri na Copa do Mundo. Herrera, que ficou conhecido durante o Mundial pelo estilo autêntico e as postagens bem-humoradas nas redes sociais, preferiu não apresentar um posicionamento definitivo a respeito de sua continuidade no comando do grupo.

Cartaz de torcedor faz trocadilho com jogador holandês e cita pênalti questionado pelos mexicanos  (Foto: Reprodução / Twitter )
Cartaz faz trocadilho com holandês e cita pênalti questionado por mexicanos (Reprodução / Twitter )

- Há muitas coisas para resolver antes de pensar na continuidade. Quando um torneio acaba, temos que apresentar os resultados, dar nosso parecer, e aí sim virão os dias para pensar bem no que acontecerá a seguir. Não há pressa e, obviamente, a direção da seleção tem o poder para decidir o que vão fazer sobre isso. Vamos entregar nosso relatório. Estamos muito contentes e orgulhosos pela garra dos jogadores. Será um relatório cheio de coisas boas, mas, infelizmente, teremos que colocar no final que o objetivo desejado não foi alcançado - disse Herrera.    

O treinador também agradeceu o apoio da torcida, ressaltou que os 23 jogadores escolhidos para disputar a Copa corresponderam às expectativas de todo o país, e lamentou que o México tenha sido eliminado novamente nas oitavas de final, assim como acontece em todas as edições do Mundial desde 1994. A última vez que o México conseguiu avançar às quartas de final foi em 1986, quando também era o país-sede da competição.

- Voltamos, como sempre, com quatro jogos, e não conseguimos conquistar nosso primeiro objetivo, para o qual todos estavam dispostos a lutar. Ficamos a minutos de alcançá-lo. Mas acredito que todos estão orgulhosos destes garotos, pela atitude, a determinação, a entrega, e porque jogam um bom futebol. Jogaram de igual para igual com o anfitrião Brasil e com a Croácia. Nossa equipe estava superior contra a Holanda, mas, em um piscar de olhos, nos descuidamos e faltou pouco para alcançar a meta. Mas os torcedores avaliam a entrega e a determinação, e é isso que realmente importa - avaliou o técnico mexicano. 

Miguel Herrera elogiou postura dos jogadores e lamentou eliminação nas oitavas (Foto: Reuters)Miguel Herrera elogiou postura dos jogadores e lamentou eliminação nas oitavas (Foto: Reuters)

 

Na saída do Brasil, a El Tri despistou a imprensa. A seleção marcou uma entrevista coletiva com o dirigente Héctor González para as 11h da segunda-feira, mas conseguiu antecipar o voo de volta e deixou o hotel sem alarde, por volta das 8h. Na chegada ao México, os jogadores deixaram o aeroporto por uma saída auxiliar, para evitar o contato com os torcedores. No segundo semestre, a equipe disputará seis datas Fifa - duas em setembro, duas em outubro e duas em novembro. Há, inclusive, a possibilidade de uma nova disputa contra a Holanda, desta vez na casa do time europeu. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade