TAQUES PROMETE CONCLUIR O VLT E OBRAS DA COPA
07.07.2014

O senador Pedro Taques (PDT) prometeu, caso se eleja governador, concluir todas as obras relacionadas à Copa do Mundo em Mato Grosso que forem deixadas inacabadas pelo governador Silval Barbosa (PMDB), inclusive o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande.

Apesar de Silval garantir que entregará a obra do VLT até dezembro deste ano, de acordo com o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgado esta semana, o prazo de 31 de dezembro é inexequível e que a obra não deve ficar pronta antes de julho de 2015.

 

"Toda obra tem que ser terminada.

Prejuízo para o Estado e para a sociedade

é obra inacabada"


“Toda obra tem que ser terminada. Prejuízo para o Estado e para a sociedade é obra inacabada. Temos o compromisso de terminar todas as obras da matriz de responsabilidade da Copa. Está no nosso programa de governo”, disse Taques.

Representante da oposição, Taques já foi acusado, pelos adversários políticos, de trabalhar contra o VLT. O senador afirma que apenas cobrou transparência, e alerta que, se for eleito, vai investigar como foram feitos os pagamentos ao consórcio VLT Cuiabá, responsável pelas obras. 

“Desde 2011 eu venho dizendo isso, mandei ofícios para o Governo. Temos que saber quanto pagou e como se pagou. Mas obra tem que terminar. Deixar obra parada é prejuízo certo”, afirmou.

"Debaixo do tapete"

Ele garante que não vai “esconder o lixo debaixo do tapete”, e destacou que os 36 vagões já entregues estão se deteriorando no pátio de Centro de Manutenção e Operação, próximo ao Aeroporto Marechal Rondon. 

“Concluir a obra não significa que eu vá jogar o lixo para debaixo do tapete. Segundo o TCE, a compra dos vagões antecipadamente pode dar um prejuízo na tecnologia dos vagões. E estão lá sem cobertura, tomando sol. E aqui em Cuiabá o sol racha até a cabeça da gente”, completou. 

Leia mais sobre o assunto:

Relatório do TCE descarta a conclusão do VLT em 2014

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade