VILCEU MARCHETTI é ASSASSINADO COM DOIS TIROS NA CABEçA
08.07.2014

O ex-secretário de Infraestrutura de Mato Grosso Vilceu Marchetti foi assassinado na noite desta segunda-feira (7) em sua fazenda em Barão de Melgaço, na região do Pantanal. As primeiras informações dão conta ele foi atingido por dois tiros na cabeça e morreu na hora.

Vilceu é um dos acusados de desvio de dinheiro público no caso que ficou conhecido como “Escândalo dos Maquinários”, situação em que o deixou como um dos prováveis autores de superfaturamento da compra de tratores e outros equipamentos para 141 prefeituras de Mato Grosso. Também figura como participante do caso, Geraldo De Vitto, ex-secretário de Administração. O rombo nos cofres do Estado, descoberto em 2009, chega a R$ 44 milhões, em valores não atualizados.

O crime foi confirmado pela Polícia Civil de Santo Antônio de Leverger, que está se deslocando para a Fazenda Mar Azul, a 70 km de Mimoso, distrito de Barão de Melgaço. As razões do assassinato ainda não foram confirmadas, por isso não sabe se é uma queima de arquivo e ou um latrocínio (roubo seguido de morte). 

Na madrugada do dia 1º de junho, Marchetti foi assaltado na mesma fazenda. Homens armados roubaram sua caminhonete, notebooks, jóias e dinheiro. De acordo com o boletim de ocorrência, os bandidos fizeram Marchetti e a esposa reféns por mais de duas horas. 

O veículo do ex-secretário foi encontrado em Cuiabá e os criminosos ainda permanecem foragidos. Ainda não se sabe se o assassinato está ligado ao assalto do mês passado. Estão se deslocando para a fazenda o delegado de Leverger, Sidney Caetano, junto com agentes da Polícia Civil a pedido do secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Alexandre Bustamante, que designou ainda a delegada Anaíde Barros, da DHPP, para acompanhar o caso.

O secretário de Comunicação de Mato Grosso, Marcos Lemos, confirmou que o governador Silval Barbosa já foi avisado sobre o assunto e lamentou muito o ocorrido na fazenda Mar Azul. 

Vilceu Marchetti foi prefeito do Município de Primavera do Leste entre os anos de 1993 e 1996 e presidiu a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) de 1995 a 1997. No governo Blairo Maggi ele comandou a pasta da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) atual pasta de Transportes e Pavimentação Urbana (Septu).
 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade