FUSãO LEVA GRUPO A VENDER 2 FACULDADES EM MATO GROSSO
11.07.2014

Duas instituições de Ensino Superior de Mato Grosso serão vendidas para atender as recomendações do Conselho de Administração de Defesa Econômica (Cade), autarquia federal vinculada ao Ministério da Justiça. 

São elas: Anhanguera, em Cuiabá, e a unidade Kroton (Unic), em Rondonópolis (212 km ao Sul da Capital). 

A determinação federal é reflexo da compra do Grupo Iuni - ao qual pertence a Universidade de Cuiabá (Unic), por exemplo - pela Kroton Educacional. 

O Iuni, que pertencia ao empresário Altamiro Belo Galindo - irmão do ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo (PTB) -, foi adquirido em 2010, pelo montante de R$ 600 milhões. 

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, nesta semana, o empresário Rodrigo Galindo, filho de Altamiro, afirmou que empresas nacionais e estrangeiras haviam expressado interesse no processo, que deve ser “competitivo”. 

Ao MidiaNews, por meio de sua assessoria, a direção da Kroton explicou que há prazo para atender as exigências do Cade e, durante o processo, não será levada em consideração apenas a oferta em valor. 

“Mas também a capacidade do comprador em manter a operação com qualidade, para minimizar qualquer impacto para a operação. Alcém disso, os grupos mantêm o compromisso de prosseguir normalmente com todas as operações das instituições, sempre garantindo a excelência acadêmica, respeito aos alunos, professores e colaboradores”, disse a assessoria. 

Apesar de, segundo a Folha, a venda dos ativos começar agora, no segundo semestre, a Kroton afirmou ao MidiaNews que as negociações com possíveis interessados são confidenciais, bem como o prazo. 

Estrutura em Mato Grosso

A compra do Grupo Iuni pela Kroton Educacional não altera, pelo menos neste primeiro momento, a estrutura das unidades de ensino e nem seus nomes. 

Em Mato Grosso, fazem parte desta fusão a Universidade de Cuiabá (Unic), o Centro Universitário Cândido Rondon (Unirondon) e polos da Unopar e da Anhanguera.

“O modelo acadêmico e os ajustes das mensalidades seguirão conforme planejamento original dos grupos, prévio à aprovação do Cade. Qualquer mudança será devidamente comunicada e com a antecedência necessária para os alunos”, completou a assessoria.

18 estados 

Com a integração de parte da Anhaguera, a Kroton passou a contar com 125 unidades de ensino superior, em 18 estados e 83 cidades brasileiras, além de 726 polos de Graduação de Educação a Distância (EAD) credenciados pelo Ministério da Educação (MEC), localizados em todos os estados brasileiros e também no Distrito Federal. 

A Kroton não informou dados sobre número de cursos e volume financeiro por região. Segundo a instituição, eles não são públicos.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade