TERRENOS DA CAPITAL SãO LIMPOS PARA PREVENIR INCêNDIOS
11.07.2014

A Capital de Mato Grosso, por meio da prefeitura, está organizando uma força-tarefa para evitar incêndios em áreas verdes da Capital durante o período de seca. Equipes da Defesa Civil e da Secretaria de Serviços Urbanos estão realizando o monitoramento e a limpeza dos terrenos que costumam ser alvos fáceis de focos de queimadas.

"O período proibitivo de queimadas começa no próximo dia 15 e estamos buscando a prevenção limpando grandes áreas, pois estas costumam nos trazer grandes problemas durante a seca, já que são mais suscetíveis aos focos de incêndio"


“O período proibitivo de queimadas começa no próximo dia 15 e estamos buscando a prevenção limpando grandes áreas, pois estas costumam nos trazer grandes problemas durante a seca, já que são mais suscetíveis aos focos de incêndio”, apontou o coordenador da Defesa Civil da Capital, Oscar Amélito.

As equipes já realizaram a limpeza de áreas às margens das avenidas Arquimedes Pereira Lima; das Torres, próximo ao bairro Pedra 90; Miguel Sutil, na região do Centro de Eventos do Pantanal; e em áreas do bairro Jardim Universitário.

A administração municipal também estuda a possibilidade de fazer a limpeza em grandes terrenos baldios, que acumulam lixo e também podem provocar queimadas.

“Queremos evitar o excesso de focos de incêndio e, para isso, a limpeza em alguns terrenos baldios deve ser feita”, comentou o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.

O trabalho preventivo conta também com o apoio da população, que tem papel fundamental na preservação das áreas verdes.

“É de suma importância que todos adotem esse trabalho. Contamos com o apoio da população, evitando jogar lixo em áreas de preservação ambiental e bitucas de cigarro – que podem se transformar em uma combinação explosiva. Além disso, todos devem ficar atentos ao menor sinal de fogo, registrando qualquer ato por meio de fotos ou vídeos e fazendo denúncias. Nesta luta, todos somos fiscais também”, explicou Oscar Amélito.

Ele lembra ainda que provocar queimadas é crime ambiental passível de multa e prisão. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 163, 3616-9614 ou 0800-647-5330.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade