ENTRE POLICIAIS E SOLDADOS, GOVERNO RESERVA 26 MIL HOMENS PARA FAZER SEGURANçA DE FINAL DA COPA
11.07.2014

Cerca de 26.000 policiais e soldados vão fazer segurança da final da Copa do Mundo, entre Argentina e Alemanha, que acontece no próximo  domingo, no Maracanã (RJ). A informação foi confirmada pelo ministro da Justiça brasileiro, José Eduardo Cardozo, na última quinta-feira.

Depois de uma reunião com a FIFA e o governo federal no Rio, o ministro José Eduardo Cardozo afirmou que a força tarefa não foi aumentada, apesar de uma enxurrada de argentinos indo para o Rio para a final.

"Pelo contrário, esta é a força originalmente planejado para a final", ele disse.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade