FUNCIONáRIO DE PAPELARIA E DONA DE COPIADORA SãO PRESOS
15.07.2014

Funcionário de uma papelaria e escritório foi preso em flagrante quando vendia produtos furtados da empresa a uma proprietária de copiadora que fica dentro das dependências de uma universidade particular em Várzea Grande.

As investigações apontavam que o funcionário vendeu 100 unidades de resmas de capas de encadernação, além de caixas fechadas com resmas de papel A4, para a proprietária de uma copiadora que fica dentro de um bloco de uma universidade particular em Várzea Grande.Segundo a polícia, M.O.S, 29 estava sendo monitorado depois do primeiro furto, ocorrido na última sexta-feira (11) na papelaria localizada na avenida 15 de Novembro, no Porto, em Cuiabá. Nesta segunda-feira (14), mais materiais sumiram da papelaria.

No local, os policiais militares localizaram os produtos do furto e prenderam a empresária de 35 anos. Os materiais eram vendidos por valores abaixo do comercializado. Pelas 100 unidades de resmas a empresária teria pago R$ 700,00, sendo que o valor na papelaria é de R$ 1.945,00.

O funcionário da papelaria acusou ainda o colega de furtar R$ 120,00 que seria usado para abastecer o veículo da papelaria. O suspeito e a empresária foram levados para a Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade