PASTOR ACUSA IGREJA DE HOMOFOBIA E QUER R$ 500 MIL
14.07.2014

Um pastor evangélico de Cuiabá cobra R$ 500 mil como indenização por danos morais e materiais da Igreja Mundial do Poder de Deus. Ele alega ter sofrido violência física, verbal e discriminação por ter tido, antes de entrar na igreja, experiências homossexuais. O processo, que corre na 14ª Vara Cível de Cuiabá teve audiência marcada para o dia 27 de novembro.

Conforme relatado na ação, R.A.F. afirma que entrou na igreja como pastor auxiliar em março de 2009 e foi alvo de ataques 9 meses depois. Ele dormia em uma das sedes da igreja, quando teria sido agredido com socos e pontapés por um homem identificado como Pastor Jademir.

Segundo R., após as agressões, foi levado à residência de um dos bispos da igreja, que prometeu a ele tomar todas as providências sobre o ocorrido, desde que o fato não fosse denunciado às autoridades. No entanto, nada teria sido feito e ele acabou expulso da igreja.

R. acredita que as agressões, tanto físicas quanto verbais, além da discriminação, teriam ocorrido por conta de sua vida antes da entrada na igreja, quando ele teve experiências homossexuais.

Depois de ser expulso, o ex-pastor da Igreja Mundial teria sido vítimas de ataques em programas de TV produzidos e mantidos pela organização. “... estamos sendo perseguidos... até o IBAMA veio atrás de nós porque bateram em um veado”, teria afirmado um dos pastores.

No mesmo processo, os advogados da igreja negam qualquer tipo de agressão a R. Eles afirmam que não houve preconceito de natureza sexual, tampouco violência. A igreja chegou a pedir a improcedência da ação e a condenação do autor por litigância de má-fé, fato negado pela Justiça.

Liderada pelo autointitulado apóstolo Valdemiro Santiago, a Igreja Mundial do Poder de Deus é uma dissidência da Igreja Universal do Poder de Deus. Valdemiro é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) por utilizar dinheiro dos fiéis para enriquecimento próprio, com a compra de diversas fazendas em Mato Grosso.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade