RAPAZ é CONDENADO A 33 ANOS DE PRISãO POR MATAR 2 MULHERES EM MT
15.07.2014

Um rapaz de 26 anos foi condenado a cumprir 33 anos de prisão pelo assassinato de duas mulheres, na cidade de Sorriso, a 420 km de Cuiabá. O acusado foi submetido a júri popular, nesta segunda-feira (14) no Fórum de Sorriso. De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o duplo homicídio ocorreu em uma casa do Bairro São José, na madrugada do dia 31 de janeiro de 2011.

As duas mulheres dormiam no momento do crime e foram mortas com golpes de machado e pedaços de madeira. O acusado contou com a ajuda de dois adolescentes, que na época tinham 16 e 17 anos. O juiz da Quinta Vara que presidiu o júri, Cristiano dos Santos Fialho, fixou a pena de 33 anos e quatro meses de reclusão, sem direito a recorrer da sentença em liberdade.

Para a morte da vítima de 38 anos, que estava grávida de seis meses, o juiz aplicou a pena de 15 anos de prisão. A mesma pena foi fixada para o assassinato da amiga da grávida, que tinha 24 anos. Para o juiz, o segundo homicídio foi cometido na intenção de garantir a impunidade do primeiro, já que a mulher dormia na mesma casa da amiga.

No entanto, o magistrado levou em conta que o acusado provocou o aborto da grávida e acrescentou mais três anos e quatro meses de reclusão. O duplo homicídio foi classificado como ‘bárbaro‘.

“No que diz respeito aos motivos do crime, vislumbro que o réu pautou sua conduta em fundamentos que revelam torpeza, na exata medida em que agiu impelido pelo sentimento de vingança, haja vista que a vítima era considerada alcaguete e passava informações à polícia que comprometiam o réu e comparsas”, diz trecho da decisão.

Durante o júri o acusado confessou o crime e vai cumprir a pena na Centro de Ressocialização de Sorriso.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade