PAIS DENUNCIADOS PELO HOMICíDIO DE RECéM-NASCIDO SERãO OUVIDOS HOJE EM CUIABá
17.07.2014

Doze pessoas, dentre servidores da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, investigadora da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foram intimadas a prestar depoimento a partir das 13h de hoje (17), junto a 14ª Vara Criminal de Cuiabá, no processo que apura a morte do bebê, Josué Araújo de Souza. 

Os pais da criança, Taianara Cardoso de Araújo e André Luis Pinto de Souza foram denunciados pelo crime de homicídio qualificado, em que a vítima não possui recursos para defesa e por motivo torpe. A prisão dos pais foi registrada horas após a morte da criança em 6 de janeiro de 2014 e ambos permanecem presos desde então. Hoje será a primeira audiência do processo criminal e a Justiça também determinou a intimação dos mesmos para comparecimento. 

A criança foi levada para o hospital já em óbito e, desconfiados das marcas na face do bebê e dos sinais de mordidas encontrados no abdome do menino, funcionários da unidade acionaram a Polícia Militar. O menino sofreu traumatismo craniano após ser jogado em colchão pelo pai durante uma discussão com a mãe da criança.

Em decorrência da queda, ele passou a apresentar sinais de que não estava bem (braço repuxando, assim como a perna) e problemas para conseguir se alimentar. Por causa dos sinais que o menino possuía os pais não o levaram para atendimento imediato e ele morreu três dias depois.

Os pais da criança tentaram obter o benefício de responder ao processo em liberdade, mas os pedidos foram negados pela Justiça. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade