DEPUTADO FEDERAL é SUSPEITO DE TROCA DE FAVORES COM O TRT
17.07.2014

O deputado federal Valtenir Pereira (Pros) é acusado de favorecer a Justiça do Trabalho de Mato Grosso através de emendas parlamentares superiores a R$ 20 milhões em troca de um cargo comissionado na presidência do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). 

Conforme publicação do site FOLHAMAX, a irmã do parlamentar, a advogada Lucilânia Luiz Pereira foi contratada em maio de 2013, conforme publicado no dia 31 do mês citado no Diário Oficial da União. As funções da advogada tiveram início no dia 3 de junho do ano passado com uma remuneração de R$ 9,1 mil. Ainda conforme o site, a advogada trabalhava em cargo comissionado na Procuradoria Regional da 23ª Região em Mato Grosso, com remuneração de R$ 4.277,75.


Dois meses depois do início das atividades da irmã no TRT, Valtenir teria articulado a liberação junto ao Governo Federal da emenda. Isso ocorreu após o anuncio por parte do Tribunal de uma licitação para contratar uma empresa especializada para conclusão de obras no Fórum Trabalhista de Várzea Grande. 

Ainda segundo a reportagem, Valtenir teria recebido apoio dos senadores Jayme Campos (DEM) e Gilberto Goellner (DEM) para liberar os recursos. Isso porque, a verba era oriunda de uma emenda de bancada que à época foi acrescida ao Orçamento Geral da União (OGU) recebendo aval do Ministério do Planejamento.

OUTRO LADO
Até o fechamento desta matéria tanto a assessoria de comunicação do Tribunal Regional do Trabalho, quanto a assessoria do deputado em questão optaram por não emitir as informações esclarecedoras que o caso requer.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade