BOCA DE FUMO ACEITA REVóLVER COMO PENHOR NA COMPRA DE DROGAS
22.07.2014

A prisão do vendedor E.R.P., de 44 anos, sob suspeita de tráfico de entorpecentes, levou policiais militares a deparar com um esquema considerado curioso. 

Ele é acusado de penhorar produtos de usuários de drogas que deixa algum pertence de valor como garantia na boca de fumo. 

Com ele, os PMs prenderam o pedreiro V.L.S., de 32 anos, que deixava costumeiramente um revólver calibre 32 como garantia da compra de entorpecentes. 

A prisão da dupla ocorreu na noite de segunda-feira (21), por volta das 23h30, numa casa do bairro Jardim Eldorado, em Várzea Grande.

Conforme os PMs, o vendedor também aluga a arma para a prática de ações criminosas no bairro. 

Os policiais encontraram uma mensagem de texto no celular do suspeito, onde uma pessoa – que se identificou como João Passos - informa que quer alugar a arma.

“Empresta o seu ferro aí, ow. (Vou) torrar (matar) um cara aki agora, ow. Pago de loko aki, ooh oo ódio”, dizia a mensagem. 

Os policiais acrescentaram que a prisão ocorreu após uma denúncia anônima, de que na casa funcionava uma movimentada boca de fumo. Ao chegarem ao local, os policiais depararam com os dois suspeitos.

Com V., os policiais apreenderam a arma e com o vendedor, seis trouxinhas de pasta base de cocaína. 

Na caixa do padrão de energia elétrica, os policiais apreenderam um pacote com cerca de meio quilo de ácido bórico, utilizado para "batizar" a pasta base.

Aos policiais, V. explicou que comprou o revólver há cerca de um ano, no bairro Pedra 90, de um desconhecido. 

Há cerca de seis meses, começou a frequentar a boca de fumo, onde sempre deixava o revólver penhorado. 

Ele sempre comprava trouxinhas no valor de R$ 10 cada, mas não informou qual é o seu consumo diário.

Na Central de Flagrantes de Várzea Grande, o vendedor foi autuado por tráfico de drogas e o pedreiro, por porte ilegal de arma. Não coube fiança aos dois.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade