ADOLESCENTES SãO BALEADOS E MORREM EM VáRZEA GRANDE
21.07.2014

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) registrou o assassinato de dois adolescentes com menos de 20 anos no sábado e outras duas tentativas de homicídios também ocorreram em Várzea Grande no final de semana. Em um dos casos, o marido deu um tiro no rosto da mulher.

Por volta das 17h15 na rua das Flores, no bairro 23 de setembro, um suspeito identificado apenas como “Juce” disparou contra K.W.C.S, 17 anos, e Ronaldo da Silva Souza Peres, 18 anos, ambos morreram na rua onde moravam com suas famílias. O suspeito chegou de motocicleta de cor preta e fugiu em seguida.
Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar, viaturas da PM fizeram rondas pelo bairro, mas não conseguiram localizar nenhum suspeito do duplo assassinato.

No mesmo dia, às 15 horas, no bairro Jardim Marajoara I, Wemerson Freitas Trigo, 29 anos e Claudio Jorge de Souza, 25 anos, se desentenderam e acabaram feridos. Contudo, quando a PM chegou ao local do crime, pessoas haviam socorrido a vítima, que foi esfaqueada, e a levaram para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG). O suspeito, assim que golpeou Wemerson, foi ferido por um disparo de arma de fogo por uma pessoa identificada como “Dodo”.

Claudio foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e também levado para o PSMVG onde foi ouvido pelos policiais militares. Ao checar a ficha de Claudio, via Centro Integrado de Operação de Segurança (Ciosp) foi constatado que ele tem passagens pela polícia por roubo e homicídio e mandado de prisão em aberto pela 1ª Vara Criminal de Várzea Grande, datado de 19 de abril de 2014. Wemerson estava internado em estado grave no Pronto-Socorro.

No bairro Monte Castelo, Olino José da Silva, 58 anos, é suspeito de atirar contra a esposa Kely Guel da Silva, 34 anos. Conforme o boletim de ocorrência, uma equipe da Rotam foi ao local do crime e encontrou a mulher caída na área da casa e em um dos quartos foi encontrada uma espingarda calibre 32, três cartuchos do mesmo calibre deflagrados e um intacto, além de outros cartuchos de calibre 28 e 38, bem como frascos de pólvora.

Conforme a testemunha do crime, os dois eram casados e quando a mulher tentava conversar com o marido, ele efetuou um disparo com contra a vítima e o tiro acertou parte do rosto dela. Assim que baleou a mulher, ele fugiu. A Polícia Militar fez rondas pela região, mas não conseguiu localizar Olino.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade