PF FAZ BUSCA E APREENSãO EM GABINETE DE JUIZ FEDERAL EM CáCERES
31.07.2014

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (31), um mandado de busca e apreensão no gabinete do juiz federal Raphael Caseli de Almeida, da Vara Federal de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá).

Por meio da operação denominada "São José", determinada pela Justiça Federal, agentes federais investigam um suposto esquema de venda de sentenças.

Ao todo, estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão - cinco em Cáceres e um em Cuiabá.

Três advogados foram presos, em cumprimento a mandados de prisão temporária decretada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF/1). Os nomes não foram divulgados.

O magistrado estaria detido administrativamente dentro da Vara Federal em Cáceres, onde os agentes federais cumprem mandado de busca e apreensão. 

O prédio onde funciona a Vara Federal, no centro da cidade, está fechado desde o início da manhã de hoje.

Também são cumpridos mandados de busca e apreensão em um apartamento do juiz Caseli, em Cuiabá.

As suspeitas são de que as supostas vendas de sentenças tenham relação com crimes ocorridos na fronteira do Brasil com a Bolívia.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAb-MT) ainda não se manifestou sobre as prisões dos advogados

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade