11/08/2014 06H12 - ATUALIZADO EM 11/08/2014 06H12 CANDIDATOS AOS GOVERNOS ESTADUAIS Já ARRECADARAM R$ 80 MILHõES, DIZ TSE
11.08.2014

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou na quarta-feira (6) a primeira parcial dos dados de doações recebidos pelos candidatos às eleições de outubro. Os números mostram que o total arrecadado pelos postulantes ao cargo de governador no primeiro mês de campanha em todo o país já somam R$ 79.720.131,67.

O campeão de doações até agora é Delcídio do Amaral (PT), que concorre ao governo de Mato Grosso do Sul. Segundo dados do TSE, ele já arrecadou R$ 8,6 milhões. Em segundo está Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ), com quase R$ 5,8 milhões em doações arrecadadas, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB-SP), com R$ 5,7 milhões.

Já entre os candidatos com menos receita está Camila Valadão (PSOL), que disputa o governo do Espírito Santo e arrecadou apenas R$ 550. Alguns políticos nas disputas estaduais disseram ao TSE não ter havido movimentação financeira e há casos em que não foi registrada a prestação de contas na Justiça eleitoral.

Na tabela abaixo, clique em "leia mais" para ver detalhes sobre doações e gastos dos políticos em cada estado.

O prazo para o envio da primeira prestação de contas de campanha terminou dia 2 de agosto. Segundo a  Lei nº 9.504/1997, os candidatos são obrigados a entregarem suas prestações de contas periodicamente ao TSE entre os dias 28 de julho e 4 de novembro. Há duas prestações de contas obrigatórias (agosto e setembro), mas não há sanção para quem não entregar . Somente após a eleição é que eventuais omissões serão julgadas.

Os dados divulgados pela base de dados do TSE poderão ser atualizadas a qualquer momento.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade