AUMENTO NA EXPORTAçãO DE ARROZ VALORIZA O PREçO INTERNO DO GRãO INDúSTRIAS E PRODUTORES ESTãO ANIMADOS COM O CRESCIMENTO DAS EXPORTAçõES. NO RS, VENDAS CRESCERAM 50% EM RELAçãO AO MESMO PERíODO DE 2013.
05.08.2014

As exportações de arroz cresceram no primeiro semestre do ano. No Rio Grande do Sul, principal produtor nacional, os agricultores comemoram o aumento nos preços.

O Rio Grande do Sul colheu nesta safra cerca de 8 milhões de toneladas de arroz, 2% mais que na safra passada. Ao todo, 15% da produção gaúcha tem como destino a exportação. Nas indústrias, o ritmo este ano está mais intenso, tudo para atender novos mercados.

Cerca de 10% do arroz beneficiado em uma indústria é exportado para mais de 30 países. O principal mercado hoje é a África do Sul.

No primeiro semestre, as exportações de arroz cresceram 50% este ano. O aumento da exportação, além de beneficiar a indústria, também é vantajoso para o produtor porque valoriza o preço do produto no mercado interno.

O produtor Fernando Rechsteiner está contente com os lucros. Na safra passada, a saca de 50 quilos valia menos de R$ 30, preço abaixo do custo de produção. Hoje, ele vende por R$ 37,50. "A exportação é fundamental para valorizar o produto interno que nós vamos comercializar", diz.

De acordo com o Instituto Rio Grandense do Arroz, a expectativa é que o Brasil exporte, este ano, 8% a mais que no ano passado.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade