MOTORISTA QUE ATROPELOU QUATRO EM MT ALEGA NãO TER VISTO VíTIMAS
05.08.2014

O motorista suspeito de atropelar e matar dois jovens que são irmãos, em um acidente na cidade de Juína, a 737 km de Cuiabá, se apresentou à Polícia Civil nesta segunda-feira (4). De acordo com a polícia, o condutor, de 33 anos, negou que fugiu do local e afirma que não viu as quatro vítimas na avenida.

O acidente ocorreu no domingo (3), na Avenida JK. Os irmãos e dois amigos, de 19 e 21 anos, retornavam para casa a pé pelo acostamento. O grupo tinha saído de uma festa em um parque de exposições naquela região. Conforme relato de testemunhas, o motorista da carreta estaria em alta velocidade, entrou no acostamento e atropelou as quatro vítimas.

O rapaz de 20 anos morreu no local. A irmã dele, de 19, foi socorrida mas também morreu durante o atendimento. Outros dois jovens de 21 e 19 anos ficaram feridos. As testemunhas afirmaram que o condutor abandonou o veículo e fugiu do local do acidente, sem prestar socorro às vítimas. O motorista fugiu para a cidade de aripuanã, a 976 km da capital, onde se apresentou à Polícia Civil.

“Ele [o motorista] disse que estava na mesma festa e negou que fugiu depois do atropelamento. Ele falou que não viu as vítimas [na avenida]”, disse ao G1 o delegado que investiga o caso, José Ricardo Garcia Bruno.

Segundo o delegado, como o suspeito se apresentou fora do período de flagrante e de forma espontânea, ele foi ouvido e liberado. Ele deve responder em liberdade pelos crimes de homicídio culposo [quando não há intenção de matar] e lesão corporal. Garcia ainda aguarda o resultado dos laudos técnicos sobre o acidente.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade