VENDEDOR ACUSADO DE ATIRAR E ATROPELAR MULHER EM MT VAI A JúRI
05.08.2014

Um vendedor acusado de atirar, atropelar e matar a própria mulher deve ir a júri popular às 8h30 do dia 30 de setembro, na cidade de Sinop, a 503 km de Cuiabá. De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o crime ocorreu no dia 13 de janeiro de 2013 no Bairro Jardim Imperial. O réu teria cometido o assassinato sob efeito de álcool e remédios. Ele também responde pela tentativa de homicídio contra o filho.

Consta na denúncia que o acusado, de 59 anos, a mulher, que tinha 51 anos, e os filhos almoçavam em casa, quando o casal teria se desentendido. O vendedor pegou uma arma, atirou contra o próprio filho, de 27 anos, disparou contra a mulher e ainda passou por cima do corpo dela com um carro. O filho foi ferido ao tentar defender a mãe do pai.

Em depoimento à Justiça, o filho do acusado disse que antes do crime o pai ameaçou várias vezes a vítima. Para tentar evitar a briga, o rapaz decidiu sair de casa levando a mãe. Quando o jovem se preparava para sair em um carro o acusado teria atirado contra os dois, sendo que o rapaz foi atingido primeiro.

Ainda segundo depoimento do filho, uma das discussões do casal seria uma suposta relação extraconjugal por parte do acusado. Na versão do acusado, ele afirmou que praticou os crimes sob efeito de álcool e remédios.

Atualmente o vendedor aguarda pelo júri no Presídio Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade