SEIS MESES APóS ENTREGA, VIADUTO DA SEFAZ é INTERDITADO POR CAUSA DE FISSURAS
05.08.2014

 Fissuras encontradas no viaduto ‘Jamil Boutros Nadaf’, mais conhecido como ‘Viaduto da Sefaz’ motivaram a interdição do local pelo período de duas semanas a contar da data de amanhã, 6,  para realização de obras de manutenção pelo consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande. A interdição terá início a partir das 20h30. 

O viaduto possui 278 metros e foi construído em formato de ferradura e está instalado na avenida Historiador Rubens de Mendonça onde passam em média cerca de 2.700 veículos por hora/sentido em horário de pico. O viaduto foi entregue em fevereiro deste ano.

O Consórcio VLT informa que em um dos monitoramentos, realizado no fim de julho, durante a manutenção nas juntas de dilatação do viaduto foram constadas fissuras milimétricas.

Segundo a assessoria, a interdição é um procedimento necessário para que análises mais precisas sejam realizadas para determinar a origem das fissuras e avaliar eventual necessidade de medidas corretivas. O Consórcio cita que todas as  obras entregues são acompanhadas constantemente. O viaduto da Sefaz faz parte do pacote de obras, orçado em R$ 1,4 bi, para instalação do VLT.

Desvio 

Para manter a fluidez no trânsito da região, o Consórcio VLT vai executar algumas intervenções na região. A principal delas será reativar o retorno implantado durante as obras do Viaduto da Sefaz, para quem trafega no sentido Centro-CPA. No entanto, haverá mudança no acesso ao Centro Político e Administrativo (CPA) pela Rua Engenheiro Edgar Prado Arze (entre a Sefaz e o Tribunal Regional do Trabalho – TRT), que não será possível saindo desse retorno.

O acesso a esta região do Centro Político poderá ser realizado pelo retorno seguinte, através da rua C, ao lado da Praça das Bandeiras e da Junta Comercial. Não haverá mudança no sentido das ruas do Centro Político.

Também haverá adequações na via para quem segue no sentido CPA-Centro, com a colocação de barreiras de concreto para controlar o fluxo de veículos na marginal do viaduto e na avenida do CPA, na área próxima ao retorno implantado. O acesso à Rua Engenheiro Edgar Prado Arze, pela marginal do viaduto, bem como a saída desta rua par a Avenida do CPA, não serão alterados. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade