EMPRESáRIO é PRESO ACUSADO DE TENTAR FRAUDAR LICITAçãO
15.08.2014

O empresário Ricardo Gabriel de Souza foi preso em flagrante, na tarde da última quarta-feira (13), na sede da Secretaria de Estado de Administração (SAD), por apresentar documentos falsos, durante a realização de um pregão presencial.

Souza foi detido por policiais da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), que estavam no local a pedido da secretaria, para garantir transparência no processo licitatório. 

Conforme a Polícia Civil, após abertura dos envelope,s a Delegacia Fazendária apurou e identificou que o sócio-proprietário de uma das empresas concorrentes havia apresentado o atestado de vistoria técnica falso. 

O empresário foi autuado em flagrante e encaminhado à sede da Defaz para prestar depoimento. 

Ele é acusado pelos crimes de uso de documento falso e tentativa de fraude à licitação.

Ricardo Souza, no entanto, pagou fiança de R$ 8.688,00 (12 salários mínimos) e vai responder pelos crimes em liberdade. 

Segundo o delegado Gianmarco Paccola Capoani, que atuará no caso, a Secretaria de Administração acionou a Polícia após a suspeita. 

“A Secretaria de Administração nos acionou, após possível suspeita de que alguma empresa inscrita poderia estar utilizando documento irregular na tentativa de fraudar o pregão”, explicou.

Ainda conforme o delegado, o trabalho de investigação continuará para identificar um suposto segundo participante, acusado de colaborar na confecção do documento falso. 

Neste caso, ele será indiciado no mesmo inquérito policial como coautor de Souza nos mesmos crimes, e responderá também por falsidade ideológica.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade