POLíTICOS DE TODAS AS ESFERAS E PARTIDOS SE MISTURARAM AOS FAMILIARES E POPULAçãO NO ADEUS AO POLíTICO PERNAMBUCANO
18.08.2014

O corpo de Eduardo Campos, morto na última quarta-feira em um acidente aéreo no litoral de São Paulo, foi sepultado no Cemitério de Santo Amaro às 18h40 deste domingo, em Recife. O cortejo partiu do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, aproximadamente às 16h30, onde o candidato estava sendo velado, e chegou ao cemitério às 18h. 

O caixão, coberto pela bandeira do Brasil, foi levado em carro aberto do Corpo de Bombeiros. Em cima do carro, seguiram também quatro dos cinco filhos de Campos, a viúva, Renata Campos, a vice na chapa do PSB, Marina Silva, e o candidato ao governo pernambucano pelo PSB, Paulo Câmara. 

[fpto2]Aos gritos de "Eduardo, guerreiro do povo brasileiro", Campos foi sepultado no mesmo túmulo que seu avô, o ex-governador do estado Miguel Arraes, que morreu há nove anos. Desde o dia da tragédia, o local virou ponto de peregrinação de pernambucanos de várias partes do Estado. No momento do enterro, diversos fogos de artifício foram lançados.

O sepultamento do ex-governador de Pernambuco estava programado para acontecer às 17h. Por volta das 15h, já era grande a movimentação de admiradores do político no cemitério. 

Por volta das 14h, quando foi sepultado o jornalista Carlos Percol, assessor de Campos, que também morreu no acidente, dezenas pessoas acharam que já se tratava do enterro do ex-governador.

 

 

Viúva de Eduardo Campos, Renata se abraça aos filhos durante o enterro
Viúva de Eduardo Campos, Renata se abraça aos filhos durante o enterro

O Cemitério de Santo Amaro foi fechado para outros sepultamentos devido à previsão de milhares de pessoas que devem acompanhar o enterro. O local foi preparado pela administração e centenas de pessoas - usando camisas, botons, faixas e bandeiras de Campos - aguardam o momento sepultamento.

 

Segundo a Polícia Militar, entre as 2h e as 13h deste domingo, 130 mil pessoas passaram pelo velório de Campos, no Palácio do Campo das Princesas.

A tragédia

Em resposta ao apoio das milhares de pessoas que estiveram no local, Ana Arraes, disse: "Estou em paz". Renata Campos agradeceu: "Obrigada minha gente, obrigada".

[foto4]O candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, morreu na manhã de quarta-feira (13), em um acidente de avião em Santos, em São Paulo. A aeronave Cessna 560 XL decolou do aeroporto Santos Dumont (RJ) com destino ao Guarujá, mas perdeu contato com o controle de tráfego aéreo depois de ter arremetido a uma tentativa de pouso por conta do mau tempo.

No jato, também estavam Pedro Almeida Valadares Neto (assessor direto Campos), Carlos Augusto Ramos Leal Filho (assessor de imprensa), Alexandre Severo (fotógrafo), Marcelo de Oliveira Lyra (cinegrafista), e os pilotos Marcos Martins e José Stoffel Filho.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade