TAQUES SOBRE RIVA: "NãO VOU BATER BOCA COM PRESIDIáRIO”
20.08.2014

O candidato ao Governo do Estado, senador Pedro Taques (PDT), se recusou a comentar a declaração feita pelo seu adversário, deputado estadual José Riva (PSD), de que ele e sua esposa, a advogada Samira Martins, teriam nomes envolvidos na Operação Ararath.

“Eu quero dizer que eu não bato boca com presidiário. Não vou bater boca com o Riva. Se eu quisesse pessoalizar esse assunto com o Riva, eu já teria feito. Isso é uma mentira absurda. Não estou envolvido nessa Operação e tenho certidões de todos os tribunais do país. Estou preocupado em dialogar com o eleitor e não perder tempo com esse tipo de provocação”, afirmou o pedetista, na tarde desta terça-feira (19), em evento com o presidenciável Aécio Neves (PSDB), em Cuiabá. 

Riva fez a declaração durante entrevista na TV Centro América (Globo), na noite de segunda-feira (18), ao responder sobre o seu envolvimento na operação da Polícia Federal, que investiga um esquema de lavagem de dinheiro público e agiotagem em Mato Grosso. 

“Meu nome foi envolvido, assim como o do senador Taques e da esposa dele. Eu tenho explicação para tudo o que está naquele processo. Meus bens todos têm origem e são declarados. Eu não tenho preocupação com o desenrolar desta operação”, disse o candidato do PSD

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade