PESQUISA APONTA MAIS DA METADE DA POPULAçãO INDECISA; PEDRO LIDERA, LúDIO E RIVA BRIGAM PELO 2º LUGAR
12.08.2014

A primeira rodada da pesquisa do Instituto Acess Brasil aponta um cenário de indecisão entre os eleitores de Várzea Grande, segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso. Um total de 50,91% dos entrevistados na modalidade espontânea – quando não é oferecida uma lista de candidatos – afirmou que ainda estão indecisos, e mesmo na estimulada – quando o entrevistador diz quem serão os concorrentes – 39,46% das pessoas continuaram sem saber em quem depositar sua confiança.

Mas, apesar do número de indecisos, Pedro Taques (PDT) lidera a intenção de votos tanto na espontânea quanto na estimulada. Na primeira modalidade, ele aparece com 22,82%. Lúdio Cabral (PT) aparece com 9,18% da preferência dos eleitores, contra 5,70% de José Riva (PSD). O candidato do PHS, José Marcondes “Muvuca”, é o quarto colocado com 0,99% pontos, e José Roberto (PSOL) tem 0,23%. Os votos nulos ou brancos ficam em 10,17%.

Na estimulada as quatro primeiras colocações aparecem inalteradas, mas com mudança na pontuação. Taques cresce para 26,30%, Lúdio vai a 10,67% e Riva a 7,19%. Já José Roberto e Muvuca invertem as colocações. Agora o postulante do PSOL detém 0,99% da preferência da população contra 0,49 de Muvuca. Os votos nulos ou brancos também aumentar e batem a marca de 14,90%.

O levantamento foi feito entre os dias 06 e 08 de agosto, através do método Survey, somente com eleitores de Várzea Grande, segundo maior colégio eleitoral do Estado. De acordo com o chefe do instituto, o cientista político Jeverson Missias, o intervalo de confiança estimado – possibilidade de a pesquisa retratar a realidade - é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 4%.

Os seguintes perfis considerados para montagem do Plano Amostral: 48,28 % de eleitores Homens e 51,72% de eleitoras. Deste total de eleitores 18,61 % está com idade entre 16 à 24 anos; 25,88 % entre 25 e 34 anos; 43,12% na faixa de 35 à 59 e 12,39% são eleitores acima de 60 anos. 

Com relação à escolaridade, assim o quadro é de 4,67% sem instrução; 53,57% são aqueles com nível fundamental completo ou a completar; 36,70% estão cursando ou já completaram o nível médio e 5,07% é o número de cursando ou cursados de nível superior. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade