EDUARDO CAMPOS VISITARIA MATO GROSSO DUAS VEZES NA ELEIçãO
13.08.2014

O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, morto hoje (13) na queda do jatinho em que viajava em Santos, visitaria Mato Grosso em duas oportunidades durante a eleição de 2014. Filiado ao PSB, presidido no estado pelo prefeito Mauro Mendes, Campos era um dos candidatos a presidência da República do senador Pedro Taques (PDT). 

Ontem, durante ato político do deputado federal Nilson Leitão (PSDB), em Cuiabá, Taques reafirmou que pediria votos para os presidenciáveis dos partidos da coligação ‘Coragem e Atitude pra Mudar’, especialmente Campos. 

“Nossa estratégia é a mesma para os presidenciáveis. Vou pedir voto com muita hora para o meu amigo Aécio Neves no dia 19 de agosto e vamos manter o palanque aberto para os demais candidatos a presidente dos partidos que nos apoiam. O Eduardo Campos parece que vem duas vezes aqui em Mato Grosso”, disse Pedro Taques ontem após a reunião. 

Com a morte do candidato, Taques deve abraçar de vez a campanha de Aécio Neves, com quem vai caminhar na Avenida 13 de Junho, no centro de Cuiabá, na semana que vem. Apesar de pertencer ao PDT, que é da base governista de Dilma Rouseff, Taques não deve receber a presidente da República. 

No Congresso, o senador mato-grossense se destacou como um dos grandes opositores de Dilma, pressionando o seu partido por várias vezes para deixar o governo, sem sucesso. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade