ÔNIBUS ESCOLAR CAPOTOU A 120 KM/H E MOTORISTA é PRESO POR MORTE DE ALUNO
29.08.2014

O motorista Diorques Marcelo de Oliveira, de 25 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Tangara da Serra (240 km de Cuiabá), nesta quinta-feira à tarde, sob a acusação de homicídio doloso, por causa do acidente que matou um estudante de 14 anos, na quarta-feira.

De acordo com informações do delegado João Romano, análise da perícia apontou que Diorques conduzia o micro-ônibus escolar que capotou na MT-480 a aproximadamente 120 km por hora. O motorista não conseguiu fazer a curva e o veículo saiu da pista, capotando por duas vezes.

No micro-ônibus estavam 12 estudantes, que iriam para uma escola rural naquele município. O adolescente Felipe Aparecido Borgue, de 14 anos, morreu no acidente e uma aluna ficou em estado grave, com traumatismo craniano.

O delegado disse que vai pedir à justiça que a prisão em flagrante seja convertida em preventiva, até que as investigações sejam concluídas. Além da análise pericial da velocidade do veículo, também pesou contra o motorista o testemunho de dois alunos, que afirmaram ter ouvido o aviso de limite de velocidade apitar várias vezes durante o trajeto.

“O caso foi tratado como dolo e não como mera culpa. Não que ele queria propositadamente concorrer para a morte desse menino, mas de qualquer forma concordou com o resultado a medida que o veículo de transporte escolar é feito para que desenvolva velocidade máxima de até 70km/h”, afirmou Romano, em entrevista à Rádio Pioneira.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade