PAI E FILHA MORREM APóS MORADIA SER ATINGIDA POR áRVORE DURANTE VENTANIA
01.09.2014

Arnando Barros de Azevedo, de 48 anos, e a filha dele Maria Eduarda Passoti Azevedo, de apenas dois anos, morreram, no sábado (30), depois que uma árvore caiu em cima do barraco em que eles estavam residindo provisoriamente, em um garimpo no município de Nova Bandeirantes (1020 km ao Norte de Cuiabá).

De acordo com informações apuradas pela Polícia Militar, pai e filha estavam no barraco junto com a esposa de Arnando – e mãe da criança – quando começou uma forte ventania. Uma árvore se quebrou e a galhada caiu em cima da moradia improvisada.

A mulher não foi atingida e, desesperada, pediu por socorro. Vizinhos tentaram ajudar, mas Arnando já estava sem os sinais vitais. A criança chegou a ser levada até a um hospital naquele município, mas também não resistiu e faleceu.

Os corpos de ambos passaram por exames de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) e foram liberados para sepultamento, que ocorreu neste domingo à tarde.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade