EM DEBATE, PEDRO TAQUES E MUVUCA SE ACUSAM "LARANJA"
15.09.2014

Os candidatos a governador José Marcondes Muvuca (PHS) e Pedro Taques (PDT) também trocaram acusações, durante debate realizado pela Rádio Mix, na manhã desta segunda-feira (15).

Muvuca questionou o adversário se havia, em seu programa de governo, proposta para amenizar o calor em Cuiabá. “O senhor tem proposta para tudo e o que não tem, surrupia. Tem proposta para amenizar o calor de Cuiabá?”.

"Eu não sou laranja, como o senhor, não sou laranja do Eraí Maggi e nem do Otaviano Pivetta"


Taques rebateu que não teria propostas sobre o tema, que considerou “mirabolante”, e justificou ainda que não teria porque não é candidato “laranja”.

Muvuca, por sua vez, afirmou que tem como proposta para amenizar o calor da Capital climatizar os ônibus e também plantar árvores nos espaços públicos.

Muvuca também aproveitou para “alfinetar” o senador: “Eu não sou laranja, como o senhor... Não sou laranja do Eraí Maggi e nem do Otaviano Pivetta [coordenador geral de Taques na campanha]. Além de ser laranja, recebe dinheiro de outros laranjas do Eraí, que deposita em outras contas para fazer parecer que são vários doadores”, disse. 

"O candidato nunca prestou contas. Então, não podemos saber se é financiado e por quem é"


Taques respondeu Muvuca na tréplica afirmando que as contas do candidato sequer foram aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), portanto, era impossível saber quem são os doadores do jornalista.

“O candidato nunca prestou contas. Então, não podemos saber se é financiado e por quem é. Nós não sabemos quem financia o candidato. Todos os meus doadores estão lá no TSE, declarados. Aliás, o setor produtivo emprega mais de 100 mil pessoas. Na campanha de 2010, minhas contas foram aprovadas por unanimidade. Já ele, está aqui com pendência de liminar”, finalizou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade