PREFEITURA PROíBE TRáFEGO DE VEíCULOS PESADOS NA REGIãO CENTRAL
23.09.2014

A Prefeitura de Cuiabá proibiu o tráfego de veículos pesados, não cadastrados pela região central da Capital. Os motoristas que forem flagrados transitando pelas regiões proibidas terão que arcar com uma multa de R$ 500 por tonelada acima do limite permitido.

De acordo com a assessoria da Prefeitura Municipal de Cuiabá, a lei que proíbe o tráfego de veículos com mais de 24 toneladas nas ruas do centro existe desde 2011. Contudo, por conta das obras da Copa do Mundo, a Prefeitura fez um acordo com os donos de transportadoras e construtoras para que houvesse um relaxamento da lei enquanto as obras estivessem sendo concluídas.

Com a entrega de boa parte das obras não existe a necessidade dos veículos continuarem circulando pela região central. Por conta disso, a Prefeitura, juntamente com o Ministério Público do Estado (MPE) fez um novo acordo com as construtoras e transportadoras para conceder algumas exceções.

As empresas que precisavam que os seus veículos circulassem em regiões proibidas tiveram que cadastrar os veículos, os motoristas, as rotas e os tipos de serviço para que a Prefeitura emitisse uma autorização.

Porém, se os veículos forem flagrados transitando fora das rotas ou horários descritos na autorização também serão punidos. Os caminhoneiros poderão ser penalizados com advertência, multa e apreensão. Enquanto as empresas que se utilizam do serviço poderão ter os alvarás e licença de funcionamento cassados.

Segundo a legislação vigente, carros com peso de até 10 toneladas são permitidos em todos os locais da cidade. Veículos que vão de 12 a 24 toneladas poderão circular nas áreas centrais em qualquer hora, exceto nos horários de pico, das 12h as 14h e das 17h as 18h.

Na zona de restrição máxima a circulação é restrita, das 20h às 6h. Carretas ou transportes acima de 24 toneladas são proibidos de andarem pela zona de restrição máxima e só podem circular pela área urbana da cidade das 20h as 6h e nos sábados a partir das 14h.

Serviços essenciais

Caminhões de serviços essenciais como limpa-fossa, gás e lixo poderão circular na zona de restrição máxima desde que tenham a Autorização Especial De Trânsito (AET).

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade