NOVAS INFORMAçõES PODEM LEVAR AO PARADEIRO DOS PILOTOS
08.10.2014

Dois policiais civis da cidade de Pontes e Lacerda (457 km de Cuiabá) voltaram para à Bolívia para checar novas informações quanto ao roubo do avião da candidata ao governo Janete Riva (PSD) e do sequestro dos pilotos  Evandro Rodrigues de Abreu e Rodrigo Frais Agnelli. Os policiais seguiram para a cidade boliviana de San Inácio, na madrugada de terça-feira (07).

De acordo com informação da assessoria da Polícia Civil, os policiais – um chefe de operações e um investigador – voltaram ao país vizinho por conta de informações relevantes da força policial boliviana que poderia levar ao paradeiro do avião e dos pilotos. No entanto, a assessoria não souber detalhar quais seriam essas informações.

O foco das investigações é em achar os pilotos que estão desaparecidos há 18 dias, desde o sequestro da aeronave de modelo King Air, que foi levada num sábado (20 de setembro) do aeroporto de Pontes e Lacerda. “Achar o avião está em segundo plano, o foco é localizar os pilotos”, disse o delegado regional de Pontes e Lacerda, Emilio Gadioli.

Em relação ao tempo de sequestro dos pilotos, o delegado disse que está dentro de um limite razoável de desaparecimento e que as chances são boas de encontrar os dois com vida.  

Ele também acredita que os pilotos são usados pelos traficantes para fazer o serviço de descarregamento das drogas. Nisso Emílio cita o caso do piloto Paulo Pium que foi sequestrado no aeroporto de Juína durante 17 dias e, nesse meio tempo, ele teve que pilotar o avião enquanto os traficantes bolivianos arremessavam as drogas dentro do território brasileiro.  

“Por avião ser moderno, as vezes os criminosos não possuem técnicos ou pessoas que consigam pilotar a aeronave. Por conta disso, eles acabam usando, por algum tempo, os pilotos sequestrados para sobrevoarem a região de fronteira enquanto eles arremessam as drogas”, reforçou.

Na época em que a aeronave foi roubada em Pontes e Lacerda, a candidata Janete Riva (PSD), fazia campanha eleitoral na região. A preocupação maior é com Evandro e Rodrigo que foram sequestrados no momento do roubo. Na semana passada, os familiares dos pilotos fizeram um protesto para cobrar das policiais Civil e Federal mais rigor nas investigações.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade