TRE ABRE MAIS UM PROCESSO PARA INVESTIGAR TAQUES POR SUPOSTA COMPRA DE VOTOS - SEE MORE AT: HTTP://SONOTICIAS.COM.BR/NOTICIA/POLITICA/TRE-ABRE-MAIS-UM-PROCESSO-PARA-INVESTIGAR-TAQUES-POR-SUPOSTA-COMPRA-DE-VOTOS#STHASH.9PU2QPYY.DPUF
23.10.2014

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) acatou mais uma ação de investigação judicial eleitoral do candidato derrotado ao governo, Lúdio Cabral (PT), e da coligação dele, e abriu processo para apurar suposta compra de votos envolvendo o governador eleito Pedro Taques (PDT) e o vice Carlos Fávaro (PSD). É alegado em que no dia 17 de setembro um dos simpatizantes de Taques realizou “uma grande festança de caráter nitidamente eleitoral”, no km 16,3 da BR-364 em Cuiabá com “todo ornamentado de cartazes e adesivos dos candidatos investigados”. É destacado ainda que a partir de investigações realizadas no local, por determinação judicial exarada em outros autos, “acabaram por comprovar a realização do evento, conhecido por "Quarta Pobre", o qual configurou, segundo os representantes, “flagrante abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio" [...] em razão do fornecimento de “comida e bebidas para centenas de eleitores, em uma confraternização de nítido e evidente caráter político, com o ambiente todo preparado e voltado à promoção eleitoral dos investigados, que ainda ‘disponibilizavam’ seus adesivos e materiais de campanha". No recebimento da ação, a desembargadora Maria Helena Póvoas (foto) destacou que “eis que relatados fatos e apontados indícios aptos a autorizar a abertura de investigação judicial tendente a apurar suposto abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio”. Ela já havia aceitado ação também de Lúdio contra Taques por suposta compra de votos em União do Sul. Todos os citados ainda devem manifestar defesa. - See more at: http://sonoticias.com.br/noticia/politica/tre-abre-mais-um-processo-para-investigar-taques-por-suposta-compra-de-votos#sthash.9PU2QpYY.dpuf

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade