OPERAçãO UNINDO TODA A FORçA POLICIAL CIVIL DO ESTADO FEZ UMA COMPLETA VARREDURA E LEVOU DUAS DEZENAS àS GRADES
10.11.2014

Vinte e uma pessoas foram presas em cumprimento de mandados de prisão, na cidade de Sinop (500 km ao Norte), na operação integrada "Primavera", desencadeada entre  quarta e quinta-feira (5 e 6), para combater a criminalidade na região.

A operação integrada Primavera, de iniciativa da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), é desenvolvida nas regiões da capital e do interior com maiores  índices de criminalidade, principalmente de roubos e homicídios. As localidades são  alvo de trabalho intenso das forças policiais e outros órgãos estaduais e municipais, para coibir a ação dos criminosos. A operação iniciou no final de outubro e segue até dezembro.  

Na noite de quinta-feira (06), delegados e investigadores da Regional de Sinop, com apoio de 15 policiais das Regionais de Cáceres, Tangará da Serra, Pontes e Lacerda, Água Boa e Barra do Garças, deflagraram mais uma etapa da operação na cidade, com rondas em vários bairros, abordagens e revistas a condutores de veículos, principalmente motociclistas, além de fiscalizações em bares, lanchonetes e outros estabelecimentos comerciais noturnos.  

Cerca de 200 pessoas foram abordadas, somente na ação noturna desta quinta-feira, sendo a maioria no bairro Boa Esperança, que segundo as estatísticas acumula altos índices de homicídios e tráfico de drogas.  

"A operação consiste no cumprimento de mandado de prisão, buscas e apreensão, ordens de serviço, investigação e blitze. Estamos reforçando o trabalho das delegacias com foco na redução dos homicídios e roubos", disse a delegada regional, Maria Antônia Soares. "Ontem foi mais uma das ações, que estão sendo feitas diariamente", completou. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade