MOTOCICLISTAS FAZEM MANOBRAS RADICAIS EM CORTEJO E REVOLTAM FAMíLIA DE ADOLESCENTE
20.01.2015

Durante o funeral da adolescente Victória Nunes, de 17 anos, na tarde desta segunda-feira (19), alguns motociclistas se arriscaram em manobras radicais ao lado do carro que levava o corpo da garota para o enterro, no cemitério Nacional Park, região das Moreninhas, em Campo Grande.

Abalada, a família de Victória não tinha forças para comentar o ocorrido. Além de arriscar, alguns pilotos colocavam em risco a vida de garupas. Assim como aconteceu com a garota e o namorado Thiago Angelo de Lima, de 21 anos.

 O tio da jovem, José Anezi de Oliveira, contou à reportagem do Midiamax que, em nome da irmã, mãe da jovem, procurará a polícia e ajudará nas investigações. A intenção é que Thiago seja responsabilizado pela morte de Victória. Segundo ele, o rapaz sabia dos riscos e a atitude irresponsável não pode ser considerada somente como um acidente.

“Tudo que vimos hoje serve de reflexão. Ás vezes os arroubos da juventude conduzem para atitudes impensadas. A família está muito triste, todos engasgados sem conseguir formular uma frase sequer. Vou procurar a polícia e ajudar nas investigações, em nome da minha irmã”, lamentou o tio de Victória.

José complementa que já teve acesso a muitas informações coletadas na internet, vídeos, além de depoimentos de testemunhas que presenciaram Thiago empinando a moto com Victória na garupa.

Último adeus a Victória

Cerca de 100 pessoas participaram do sepultamento do corpo de Victória. Houve salva de palmas durante o enterro da estudante. Amigos da menina que frequentavam a mesma igreja dela choraram a morte precoce e reconheceram as qualidades da garota.

“Ela era uma jovem dinâmica, amada, alegre”, pontuou o apóstolo da igreja Javé-Nissi, Geraldo Carvalho Júnior. Durante o velório, amigos e familiares também a homenagearam com canções.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade