DAS FAZEM ENCONTRO PARA TRATAR DA APROVAÇÃO DA PEC 59
06.05.2014
 
 

Coordenadores do movimento pró-PEC 59, nesta manhã de terça, na AL (Foto - Alex Praeiro):

JORGE MACIEL

Editor Geral

Pelo menos 56 mil servidores públicos do Estado, em todas esferas, só em Mato Grosso, na condição de comissionados (DAS’s) há mais de dez anos, buscarão engrossar um movimento para a aprovação e conseqüente sanção presidencial da PEC 59, que prevê a permanência no setor público.

Na manhã desta terça-feira 6, representantes de nove órgãos públicos estaduais debateram os efeitos da PEC59 e lançaram plano de ação para este mês, a fim de tonificar o movimento nacional com os mesmos objetivos. O encontro aconteceu o Plenário Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL).

O jornalista Eraldo Lima, há mais de uma década e meia na AL, junto com o conselheiro José Carlos de Morais, também com mais de 12 anos de casa, encabeçam o movimento.

-“A nossa idéia é formar o grupo fortalecido e buscar sintonia com outros estados, unificando o argumento e as ações em encontros que faremos em Cuiabá, interior do estado e Brasília”, afirmou Lima, que é presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Comissionados da AL.

Agenda e envolvidos

No próximo dia 14, na praça Ulysses Guimarães, em frente ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a coordenação do movimento pretende reunir o maior número de servidores DAS em uma caminhada, cuja participação será com alimentos não perecíveis que serão doados a entidades sociais. Ainda neste mês, eles agendam viagem a Brasília, em evento nacional, para tratar de pautas sobre votação e sanção da PEC.

Nacionalmente, a quantidade de servidores contratados em regime de DAS, é de 1,6 milhão de profissionais. A PEC 59 não trata de efetivação, que fere a Constituição (que exige concurso público para provimento de cargos). O moimento- e a PEC- defende a efetivação dos comissionais nos cargos. A presidente Dilma Roussef garantiu que efetiva a PEC antes do fim do mês.

No encontro de hoje, estiveram presentes representantes da prefeitura de Cuiabá, Detran, Sema, AL, Secretaria de Administração Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Sefaz e Câmara Municipal.

 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade