NOVO CRONOGRAMA DE OBRAS DA SALGADEIRA SERá APRESENTADO
30.01.2015

A Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT) recebe em breve um novo cronograma físico referente às obras do Terminal de Turismo e Lazer da Salgadeira. A expectativa é de que os prazos sejam firmados e a construção seja finalizada até 2016. A execução do projeto de revitalização da área foi iniciada em dezembro de 2013 e tinha previsão para conclusão em junho deste ano, porém desde dezembro do ano passado as atividades estão paradas. 

Na manhã desta quinta-feira (29), o secretário da Secid-MT, Eduardo Chiletto, visitou o local e verificou as estruturas já existentes. A revitalização do Terminal, que está localizado na rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), no quilômetro 45, conta com diversos avanços nas estruturas físicas. Até o momento, 39,2% dos valores (R$ 2.505.562,95) já foram repassados para o Consórcio Salgadeira, atualmente formado pelas empresas Farol Empreendimentos e Ypenge Projetos Florestais e Ambientais. A obra total está orçada em R$ 6.377.402,13. 

De acordo com Chiletto, durante visita preliminar, foi possível perceber que todas as estruturas já desenvolvidas estão de acordo com o projeto e regem os preceitos das áreas de engenharia e arquitetura. Além do secretário, também participaram da visita técnicos da Secid-MT e da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema-MT), como também o secretário adjunto de Turismo, Luís Carlos Nigro, que compõe a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). 

“A sociedade precisa saber qual a real situação da Salgadeira e o que está sendo feito no local. Além disso, foi cobrado um cronograma viável para execução das obras que ainda faltam ser concluídas. Esta é uma estrutura que necessita estar pronta o quanto antes para que a população possa utilizar”, destacou Chiletto.

 

Com área de 72,4 mil metros quadrados, o Terminal de Turismo e Lazer da Salgadeira contará com espaços exclusivos para trilhas e passeios, estacionamentos com 80 vagas para visitantes e abrigos para ônibus, guaritas, posto policial, bloco para instalação de lojas, restaurantes, centro dedicado ao turista, além de adutora e coletor para tratamento de esgoto. 

Salgadeira
Pertencente ao município de Cuiabá, a Salgadeira era um dos espaços livres utilizados pela população e turistas. O fato é que após determinação da Justiça, em setembro de 2010, o local foi fechado devido à existência de irregularidades constatadas pelo Ministério Público Estadual (MPE). Na época, conforme ação civil, foram verificados problemas como disposição de resíduos a céu aberto, sistema de tratamento de esgoto deficiente, presença de processos erosivos em diversas localidades do Complexo, além de ausência de licença ambiental. 

Segundo o secretário Eduardo Chiletto, as soluções para a Salgadeira existem, porém elas precisam ser postas em prática. “A obra tem que ser finalizada para que a população volte a ter este espaço para diversão e lazer”.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade