PM FAZ VISITAS EDUCATIVAS NAS ESCOLAS PúBLICAS
12.02.2015

Visitas educativas e preventivas são foco da PM durante operação

Violência, drogas e bullying. Esses são alguns dos temas que têm sido abordados durante visitas realizadas por policiais militares em escolas públicas e privadas em todo o Estado de Mato Grosso. Esse trabalho desenvolvido pela Polícia Militar durante a operação “Volta às aulas”, iniciada na segunda-feira (09.02), prossegue de maneira intensa até a próxima semana. 

Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), são aproximadamente 378 mil estudantes matriculados em 750 escolas na rede pública. Dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), apontam que em 2014, 13.823 mil crianças e adolescentes, com idades entre 13 e 17 anos, estiveram envolvidos em algum ato infracional. Desse total, 12,24% (1.692 mil) deles foram apreendidos em ocorrências relacionadas ao tráfico ou uso de drogas. 

Para o comandante-geral da PM, coronel Zaqueu Barbosa, a operação é uma ação preventiva que busca exatamente reduzir o número de menores envolvidos em algum ato infracional. “Além disso, é uma forma que a instituição tem de aproximar os estudantes e educadores do policial militar, cujo papel social é prevenir qualquer tipo de criminalidade, inclusive aquelas que possam envolver crianças ou adolescentes, sejam elas infratores ou vítimas”. 

De acordo com Zaqueu, esse trabalho preventivo reflete diretamente no convívio social de cada aluno, consequentemente, em toda a sociedade. “Como sabemos, na maioria dos casos em que a Polícia Militar é acionada para atender uma ocorrência policial envolvendo criança ou adolescente é porque algum dos segmentos da sociedade falhou, seja na esfera familiar, educacional, social ou de saúde”. 

A operação é realizada nos horários de entrada e saída dos alunos das escolas. Em todos os períodos de aula (matutino, vespertino e noturno). Em Cuiabá o trabalho está sendo desenvolvido em escolas como Liceu Cuiabano, Francisval Brito e Ranulpho Paes de Barros. 

Conforme o comandante da PM da Base Comunitária do bairro Ribeirão do Lipa, major Wilson Campos Martins, “a operação visa estreitar as relações de trabalho preventivo com a comunidade escolar”. Segundo o major, além das palestras educativas, os policiais repassam os telefones e demais formas de contatos das unidades mais próximas das escolas para atendimento de qualquer emergência escolar.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade