DESDE QUE CENI VIROU TITULAR, TIMãO TEVE DOIS TIMES DE GOLEIROS
16.02.2015

Rogério chega a 19 anos como dono da posição no São Paulo. Enquanto isso, rival sofreu para achar um nome de confiança e alternou bons e maus momentos na meta

Rogério Ceni, São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Rogério Ceni é titular do gol tricolor deste 1997 (Foto: Marcos Ribolli)

 

Rogério Ceni fará em 2015 seu 19º ano como titular do São Paulo. Você já parou para pensar no que aconteceu no gol do Corinthians, rival da próxima quarta-feira, pela Taça Libertadores, neste período? Desde 1997, nada menos do que 22 goleiros foram utilizados pelo Alvinegro. Ou seja, o equivalente a duas equipes inteiras de goleiros passaram pela meta do Timão enquanto Ceni domina absoluto a vaga no Tricolor.

A lista de arqueiros corintianos (veja abaixo), de acordo com o Almanaque do Timão, tem nomes que viraram ídolos, como Ronaldo, Dida e Cássio, mas também outros pouco lembrados, como Jean, Rafael Santos e Renan. Isso sem contar alguns que foram contratados e nem chegaram a jogar (por isso não entram na relação), como Bruno, Bobadilla, entre outros.

O fim dos anos 90 foi o período mais pródigo de goleiros do Corinthians. Isso porque, além da última parte da passagem de Ronaldo, um dos maiores ídolos da história do clube, o Timão teve Dida na meta, que conquistou um Brasileiro, um Paulistão e o Mundial, com muito destaque em todos, sobretudo nos pênaltis. Nei, campeão brasileiro em 1998, e Maurício, também tiveram algum sucesso.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade