ALLAN COBRA EXPLICAçõES SOBRE REAJUSTE DA TARIFA E CRONOGRAMA DE OBRAS DO PRONTO-SOCORRO
12.02.2015

Na volta dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador Allan Kardec apresentou, na sessão ordinária desta terça-feira (3),  três requerimentos endereçados à Prefeitura. São cobradas explicações sobre o reajuste na tarifa do transporte coletivo, sobre as obras do novo Pronto-Socorro que foi uma das principais promessas de campanha em 2012 e também detalhes sobre a elaboração do Plano Municipal de Educação. 

Sobre o transporte coletivo, o documento protocolado pelo vereador Allan solicita cópia integral do processo administrativo que reajustou a tarifa de R$ 2,80 para R$ 3,10 em janeiro deste ano, a planilha de custos apresentada pelas empresas bem como as razões e justificativas do aumento. Outra cobrança feita no requerimento é o envio de cópias dos contratos celebrados entre o Município de Cuiabá e as empresas de transporte coletivo que atuam na Capital, em especial a cópia do contrato que se encontra em vigor. 

“A sociedade cuiabana foi surpreendida no início de 2015 com o aumento da tarifa, o segundo reajuste em apenas 10 meses, mesmo sem melhorias nos serviços que continuam precários”, justifica o vereador. Allan também cobra esclarecimentos quanto aos meios utilizados pelo Conselho Municipal de Transporte para convocar os conselheiros e representantes das entidades que precisam participar da reunião, entre elas a Câmara de Cuiabá e a Associação Municipal dos Estudantes. 

“Como foi feita a convocação, por  edital, e-mail, ofício? Precisamos saber como a Câmara e a Associação dos Estudantes foram convocadas já que estavam em recesso.  Com se deu essa convocação dos representantes usuários do transporte?”, questiona o parlamentar. “Queremos discutir o calculo tarifário, pois em 10 meses foram dois aumentos, precisamos saber o motivo de dois aumentos em menos de um ano”, destaca Allan.

Saúde -  No requerimento endereçado à Secretaria Municipal de Saúde, o vereador Allan Kardec cobra informações e documentos sobre a situação do tão anunciado novo Pronto-Socorro durante a campanha eleitoral de 2012. Entre eles, o projeto básico e executivo da construção, edital de licitação para construção do prédio, minutas contratuais, bem como a fonte de recursos para a execução da obra. 

Educação – Ao apresentar o requerimento à Mesa Diretora da Casa para acionar a Secretaria Municipal de Educação, Allan justificou que o Plano Municipal de Educação comporta interesses de toda a sociedade cuiabana e precisa ser amplamente discutido. Dessa forma, ele ressaltou que se faz necessário que a Câmara de Cuiabá conheça o cronograma de elaboração do mesmo, em consonância com o que dispõe o Plano Nacional de Educação - PNE (Lei Federal 13.005/2014).

 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade