NOVA MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA PRORROGA CONCURSO E LEVA EM ‘BANHO E MARIA’ RECONTRATAçãO DE COMISSIONADOS
26.02.2015

Nova Mesa Diretora da Assembleia prorroga concurso e leva em ‘banho e Maria’ recontratação de comissionados

A nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa não tem pressa para concluir os levantamentos sobre contratos que estão sendo auditados. O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Maluf (PSDB), anunciou a prorrogação da validade do concurso público até março de 2016 e afirmou que existe uma análise preliminar do quadro funcional do Poder Legislativo, para funcionar normalmente.
 
Por conta disso, a Mesa Diretora está tomando cuidado para o preenchimento de cargos comissionados. Foram contratados apenas 152 em duas etapas – cinco mais 147 – dos 858 servidores exonerados. Atualmente, o cadastro de reserva conta com 80 pessoas para o nível médio e 92 com nível superior, em diversas áreas. Embora a auditoria não tenha sido concluída, estudos preliminares indicam que o impacto da nomeação dos 172 restantes não deverá prejudicar a meta de redução de custos porque, até a recente exoneração em massa, cerca de 75% dos funcionários do Poder Legislativo eram comissionados.
 
“Já temos o número mínimo para o funcionamento do Poder Legislativo, haja vista que iniciamos as sessões”, observou ele. O presidente não quis detalhar as denúncias sobre a possível  existência de super-salários.
 
“Quanto às denúncias apresentadas, já estão sendo investigadas pelos órgãos competentes. E, em sendo assim,  a Assembleia Legislativa vai acompanhar e está à disposição para qualquer solicitação de esclarecimento”, afiançou Maluf.
 
Maluf destacou que a atual Mesa Diretora recebeu os documentos das mãos do deputado Mauro Savi (PR), ex-primeiro secretário do Poder Legislativo, e mandou examinar cuidadosamente. Ele ponderou que cada item será trabalhado para que ocorram mudanças no Regimento Interno, para ser instituído o período de transição de uma Mesa Diretora para outra, na Assembleia.
 
“Lembramos que não há transição nesta Casa. Portanto, queremos instituir, tentar regulamentar, no Regimento Interno, para que haja o período para receber a documentação”, explicou o presidente. “Fomos eleitos para comandar a Mesa Diretora em um domingo e, então, na segunda-feira, já assumimos os trabalhos. Então, é natural que alguns documentos fossem entregues posteriormente”, reconheceu Maluf, tomando o cuidado para não criticar Mauro Savi e a Mesa Diretora anterior.  
COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade