‘MELHOR MORRER DE VODCA DO QUE DE TéDIO’, DIZ PERFIL DE ESTUDANTE DA UNESP MORTO LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO EM HTTP://OGLOBO.GLOBO.COM/SOCIEDADE/MELHOR-MORRER-DE-VODCA-DO-QUE-DE-TEDIO-DIZ-PERFIL-DE-ESTUDANTE-DA-UNESP-MORTO-15478568#IXZZ3TFOYPBAG © 1996 - 2015. TODOS DIREITOS RESERVADOS A INFOGLOBO COMUNICAçãO E PARTICIPAçõES S.A. ESTE MATERIAL NãO PODE SER PUBLICADO, TRANSMITIDO POR BROADCAST, REESCRITO OU REDISTRIBUíDO SEM AUTORIZAçãO.
02.03.2015

Página de Humberto Fonseca, que morreu após mais de 25 doses da bebida, traz a frase como ‘citação preferida’

Página de Humberto Fonseca, de 23 anos - Reprodução da web

PUBLICIDADE

RIO - “Melhor morrer de vodca do que de tédio”. A frase está publicada como uma das “citações favoritas” na página do Facebook do estudante Humberto Moura Fonseca, de 23 anos, que morreu, no último sábado, depois de consumir de 25 a 30 doses de vodca durante uma festa da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita (Unesp).

Na ocasião, em Bauru, interior de São Paulo, o aluno participava de uma disputa com outros universitários para ver quem era capaz de beber mais. Três estudantes foram hospitalizados e continuariam em estado grave. Entre eles, duas mulheres.

Um vídeo divulgado nesta segunda-feira mostra alunos sentados a uma mesa. “É um shot por minuto”, diz um participante, deixando clara a principal regra da competição, chamada de “maratoma”. Ninguém poderia passar mal, ou estaria eliminado. Nas imagens é possível perceber outras pessoas incentivando Humberto aos gritos de “Au au au, Lombainha é um animal”, referindo-se ao apelido do universitário, Lombada. Em seguida, o aluno comemora a “vitória”.

Parentes e amigos de Humberto trocaram suas fotos de perfil do Facebook para a imagem de uma fita preta, indicando o luto, para homenagear o estudante. O irmão, Henrique Moura Fonseca, publicou uma foto antiga ao lado do rapaz e um recado emocionado.

“Não tenho palavras para falar a falta que você fará em nossas vidas, ainda mais porque quem era bom com as palavras era você. Te amo, meu irmão”, escreveu Henrique na rede social.

Ele também recebeu o carinho e o consolo dos amigos, que referem a Humberto como uma pessoa “alegre”.

“Seu irmão era uma das pessoas mais alegres que já conheci! Força pra você e sua família”, disse um internauta.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/sociedade/melhor-morrer-de-vodca-do-que-de-tedio-diz-perfil-de-estudante-da-unesp-morto-15478568#ixzz3TFodfN00 
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade