BEBê DE 3 MESES ESPANCADO PELOS PAIS MORRE NO PRONTO-SOCORRO DE VG
04.03.2015

 

 

 

pai-monstro.jpg

 

O bebê de três meses que teria sido agredido pelos pais, em Várzea Grande, teve morte cerebral confirmada na noite desta terça-feira. Ele deu entrada na unidade no último dia 27, com diversas lesões pelo corpo e no crânio. 

Os pais, Anderson Denis da Silva, 20, e uma adolescente de 16 anos, chegaram a ser levados a delegacia de Várzea Grande para prestarem esclarecimentos. Após os depoimentos, eles foram liberados. 

Internado há quatro dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, a criança, que chegou ao hospital com vários hematomas no corpo e com traumatismo craniano não resistiu aos ferimentos e teve a morte confirmada no início da noite.

Em depoimento ao delegado plantonista, o pai disse que o filho sofreu uma queda acidental, na casa onde vivem, no bairro São Matheus. O rapaz também confirmou ser usuário de drogas e autor de um homicídio ocorrido no ano passado.

Já a mãe da criança, afirmou que o filho estava sob responsabilidade do marido. Ele havia saído com a criança e retornou para casa com ela machucada. Os avós maternos do bebê foram chamados e levaram o neto para o pronto-socorro. 

Na unidade hospitalar, médicos e enfermeiros acionaram o Conselho Tutelar, que ao constatar o caso, chamaram a Guarda Municipal para fazer a detenção do casal.

Com a confirmação da morte, o caso passa a ser investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), que deve intimar os pais novamente para depor.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade