IRMãS MORTAS EM PERUíBE ESTAVAM SOZINHAS NA RUA, DIZ TESTEMUNHA
05.03.2015

Thays, de 6 anos, e Anna Valeria, de 11 meses, foram atropeladas em SP.
Irmã mais velha levava carrinho da mais nova e foi atingida por uma moto.

Irmãs de Peruíbe morreram após serem atropeladas por uma motocicleta (Foto: Cássio Lyra/G1)Anna, de 11 meses, e Thays, de seis anos, morreram atropeladas em Peruíbe, SP (Foto: Cássio Lyra/G1)

Testemunhas que presenciaram o atropelamento e a morte das irmãs Thays Cristina Camargo, de seis anos, e Anna Victoria Valéria, de 11 meses, afirmam que as crianças estavam no meio da rua, sozinhas, quando foram atropeladas por uma moto. O acidente aconteceu em Peruíbe, no litoral de São Paulo, enquanto a irmã mais velha empurrava o carrinho da mais nova em uma avenida do bairro Vila Erminda.

Comerciante conta que crianças atravessavam a rua sozinhas antes de acidente em Peruíbe, Sp (Foto: Cássio Lyra/G1)
Comerciante diz que crianças atravessavam a rua
sozinhas antes de acidente (Foto: Cássio Lyra/G1)

Comerciantes que trabalhavam próximo ao local do acidente afirmaram ao G1 que, por volta das 22h, as crianças estavam atravessando a rua sozinhas, enquanto a mãe observava de longe. “Não cheguei a ver o momento exato do acidente, mas vi bem de longe uma criança levando um carrinho com o bebê dentro”, conta Mazinho Santos Costa, de 37 anos.

O motociclista de 25 anos que se chocou com as meninas sofreu graves ferimentos e foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). “O impacto foi muito forte. Ele ficou jogado no chão por um bom tempo. Ele não socorreu as crianças porque mal conseguia se mexer”, comenta Mazinho.

Comerciante levou a mãe das meninas até um hospital de Peruíbe, SP (Foto: Cássio Lyra/G1)
Comerciante levou a mãe das meninas até um
hospital de Peruíbe, SP (Foto: Cássio Lyra/G1)

Uma outra comerciante ouviu o impacto da batida e os corpos das meninas jogados na rua. Ela e o marido foram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Peruíbe ao lado de Regina Cristina Valéria, mãe das crianças. “A mãe estava muito mal porque a menina de seis anos já estava morta. Quando chegamos lá e a bebê já estava sem vida, ela ficou totalmente arrasada e entrou em estado de choque”, conta Antonia Maria do Nascimento.

Segundo informações da polícia, Thays levava o carrinho onde estava a irmã Anna quando ambas foram atingidas pela motocicleta. O condutor ficou ferido e foi encaminhado a um hospital. A polícia ainda espera ele ser liberado para dar uma explicação sobre o caso. Ainda segundo a polícia, a princípio, o motociclista deve ser indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Irmãs morrem após serem atropeladas por motociclista em Peruíbe, SP (Foto: Cássio Lyra / GloboEsporte.com)Carrinho da bebê ficou completamente destruído (Foto: Cássio Lyra/G1)
COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade