CASO DE OPERáRIO MORTO NA CONSTRUçãO DA ARENA PANTANAL é DESTAQUE NA IMPRENSA INTERNACIONAL
04.03.2015

 

Equipe médica não conseguiu reanimar o operário

Equipe médica não conseguiu reanimar o operário

O caso do operário Muhammad Ali Afonso Maciel, 32 anos, que morreu após sofrer uma forte descarga elétrica enquanto trabalhava na construção da Arena Pantanal, em Cuiabá, foi destaque em uma reportagem especial do site ‘Goal.com’. A matéria, assinada por Tiago Domingos, relembrou os trabalhadores que perderam suas vidas durante as obras em vários estádios construídos para a Copa do Mundo de 2014. Ao todo, foram nove vítimas fatais.
 
A reportagem lembra que Muhammad teve a oportunidade de participar da construção do estádio em sua terra natal e que foi o último, dos nove operários, a morrer antes da Copa do Mundo de 2014. Também foi enfatizado o fato de que ele não utilizava os equipamentos necessários de proteção.
 
Em entrevista ao site, a irmã de Muhammad, Skalat Ohara, afirmou que “ele estava cobrindo alguns colegas que estavam descansando. Ele queria conseguir um dinheiro extra no trabalho, mas acabou morto”. As investigações apontaram que o operário estava em desvio de função e que não teria sido contratado e nem teria curso para desempenhar a função em que estava.
 
“Isso é muito triste. Nós tivemos ajuda para o funeral e fizemos um acordo para conseguirmos uma compensação financeira. Mas um jornal local disse que a família ganhou R$ 5 milhões de indenização. Nós recebemos muito menos que isto e agora estamos com medo de sermos roubados”, revelou a irmã do operário.
 
Muhammad, que sempre falava no orgulho em ajudar a construir a Arena Pantanal, deixou dois filhos, um de oito e outro de dez anos, que raramente veem seus parentes: “Eles vivem perto, mas nós estamos separados. Quando eu, minha mãe e meus irmãos vemos eles, nos lembramos do Muhammad. E eles, quando nos veem também lembram dele, é muito doloroso”.
 
A reportagem também cita outros casos pelo país. As outras mortes de operários foram registradas nas arenas Manaus (quatro mortos), Corinthians (três mortos), Pantanal (um morto) e no estádio Mané Garrincha (um morto). 
COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade