POLíCIA PRENDE QUADRILHA QUE ROUBAVA CARROS EM BAIRRO NOBRE DE CUIABá
04.03.2015

 

 

 

derfva.jpg

 

Quatro membros de uma quadrilha de roubos de veículos foram identificados e dois deles presos pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, após 24 horas de diligências da equipe policial do núcleo de inteligência operacional da Especializada.  

Os suspeitos Thiago da Silva Costa e Juliano Alves Souza foram presos, na segunda e terça-feira, no bairro Novo Tempo, em Cuiabá. Seu comparsa Keterson Gonçalves, sabendo que era procurado, apresentou-se na Delegacia com advogado constituído, sendo interrogando e admitindo participação no roubo. O quarto integrante do grupo, Kevin Lima Vieira, está foragido.  

O grupo roubou um veículo Cobalt, prata, seminovo, no bairro Santa Rosa, em Cuiabá, quando a família deixava a residência, na segunda-feira (02.03). Durante a ação, os bandidos utilizaram uma caminhonete GM/S10, branca, ano 2011, conduzida por Keterson Gonçalves.  

Dois deles desceram da caminhonete e, mediante grave ameaça e emprego de arma de fogo, subtraíram o automóvel e objetos pessoais de valor, como smartphones. 

Nas investigações,  a Polícia Civil identificou um dos coautores (Thiago da Silva Costa), que, anteriormente, já tinha sido preso pela equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, por envolvimento no roubo à casa de um militar do Exército Brasileiro.  

"O suspeito Thiago estava em liberdade e retornou à atividade delituosa", disse o delegado Marcelo Martins Torhacs.  

Com as imagens da caminhonete usada pela quadrilha, durante a prática do crime,  a Polícia Civil identificou que o veículo era dirigido por  Keterson, e que estava acompanhado dos comparsas Kevin e Juliano. 

Os suspeitos, Thiago, Juliano e Kevin, foram reconhecidos pelas vítimas como sendo coautores do roubo. 

Thiago, Juliano e Keterson confessaram a participação no crime, na Delegacia. Quarto envolvido no roubo, Kevin Lima Vieira, ainda é procurado.  

A ação está inserida na operação "Actio Auctoritatis", da Polícia Judiciária Civil, que visa fortalecer investigações de roubos e tráfico de drogas, que integra o planejamento operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública, de enfrentamento à criminalidade nos primeiros 100 dias do ano. 

 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade